Instituição

  • História
  • Órgãos Sociais
  • Documentos Institucionais

A meados de julho do ano de 1999, dois associativistas de Leça da Palmeira, Joaquim Rios e Belmiro Tavares, iniciaram a construção de um clube de amigos aposentados de Leça da Palmeira, motivado pelo aglomerar de aposentados que, com a chegada do inverno, foram inicialmente cedidos como sede os antigos quartos de banho de senhoras, pro baixo da ponte móvel (junto ao jardim Dr. Fernando da Hora Aroso – Leça da Palmeira), onde passavam dias e dias a conviver. Era um local frequentado por várias pessoas e as desavenças eram fator comum.

Daqui, após algumas indecisões, aqueles associativistas acima referidos iniciaram um rol de inscrições de futuros sócios, angariaram algumas verbas que permitiram adquirir cartas para jogos, constituíram uma relação de 87inscrições, tornando-se lista provisória e de arranque para a atual associação, pelo que se constitui uma comissão instaladora, ficando logo nomeados Presidentes, Joaquim Rios e Belmiro Tavares.

Efetuaram-se inúmeras festas e torneiros, no sentido de ocupar os aposentados e tornar numa via mais alegre.

Iniciada a legalização, já a lista de associados passavam a ser 144 pessoas.

Assim, nasceu em 16 de agosto de 2000 a Associação de Amigos Aposentados de Leça da Palmeira, tendo como primeira sede os quartos de banho referidos, deixando de ser comissão instaladora e passando a Direção, eleita pelo triénio de 2001/2004. Por unanimidade, foi eleito o primeiro Presidente da Direção, Joaquim Rios.

 

A 12 de dezembro do ano de 2001, o Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Narciso de Miranda, visitou as instalações e ficou escandalizado com as instalações da Associação e surpreendido com as condições menos dignas e prometeu dar a esta associação instalações à imagem do movimento que ela registava de inúmeras pessoas em convívio. - Homens perdidos nas esquinas.

Além da Câmara Municipal de Matosinhos, a AAALP foi também apoiada pelo Governo Civil do Porto, sendo cedido por contrato de comodato o “antigo depósito de água” que fornecia água a Leça da Palmeira, após obras de remodelação e de adaptação às atividades da Associação.

 

Hoje, a AAALP tem instalações à imagem daqueles que lutaram para a existência de um local aprazível para todos os aposentados de Leça da Palmeira.

 

De registar, com muito agrado, a oferta do associado (que também foi Presidente da Direção), Sr. António da Conceição Silva, conhecido por “Chanquinhas”, um donativo em espécie e o emblema da Associação.

Assembleia Geral:

Presidente - Domingos Manuel Moutinho Silva Alves

1.º Secretário – Fernando Manuel Monteiro Oliveira

2.º Secretário – António André Oliveira

 

Direção:

Presidente – José Manuel Jesus Maravalhas

Vice-Presidente – Manuel Ferreira Maravalhas

Secretário – Fernando Manuel Machado

Tesoureiro – José Rodrigues Moleiro

Vogal – Manuel Francisco Moleiro

 

Conselho Fiscal:

Presidente – José Manuel Oliveira Ribeiro

Vogal – Manuel António Pereira Ferro

Vogal – Maria Conceição Machado Costa